quarta-feira, 31 de dezembro de 2008


... encostada na mesa com sua cabeça baixa. Dormindo... talvez sonhando. O que seus calmos olhos fechados poderiam desvelar? O que passa pelo seu imaginário fantástico? Sonha com heróis? Ou será que sonha com vilões? Nada poderíamos descobrir, sua face plácida apenas permanece ali, ali mesmo, como se nada estivesse acontecendo. Será que amores terríveis consomem seu coração? Ou será que agora dorme calmamente enquanto outro sofre pela sua ausência? Nada. Permanece impávida e imóvel, apenas o leve balançar de seu sopro leve. Ficará lá para sempre? Ou poderíamos tentar acorda-la com o beijo do príncipe? Mas... onde encontraremos príncipes encantados hoje em dia... hoje em dia é impossível encontrar qualquer coisa, embora vendam tudo, coisas baratas e caras, em sua maioria inúteis e extravagantes... mas não, não conseguimos achar príncipe algum. Na verdade, essas coisas antigas são impossíveis de encontrar, apenas aqueles projetadas para o futuro, para os anos vindouros. Mas vejam! esqueçam tudo, não é preciso mais nada, nem príncipes enm sapos, ela acordou.

2 comentários:

Eduardo Ferreira disse...

ah meu caro, essas que dormem acordadas sao nada mais que tudo que sonhamos para nosso deleite. rs

demais

generalgeladeira disse...

ate que ficou legal.